Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vídeos mostram bandidos desfilando com motos roubadas

Depósito do Detro foi saqueado na madrugada do dia 31 de dezembro e veículos foram levados para favelas de Costa Barros, no Rio de Janeiro

A ousadia de criminosos protagonizou um momento impressionante na virada do ano, no Rio de Janeiro. Centenas de criminosos invadiram o depósito o Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio (Detro), situado na Fazenda Botafogo, na Zona Norte da cidade. Vídeos mostram momentos em que os ladrões fizeram um “bonde” e atravessaram as ruas da região sem serem importunados com motos roubadas do depósito.

O ataque ao depósito aconteceu depois que o traficante Celso Pinheiro Pimenta, o “Playboy”, chefe do tráfico do Complexo da Pedreira, deu uma ordem a moradores e mototaxistas: quem tivesse motos apreendidas em fiscalizações poderia invadir o local e “recuperar” veículos, levados posteriormente para favelas de Costa Barros, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O bandido é um dos mais procurados pela polícia fluminense e, como VEJA revelou ano passado, é o líder da quadrilha que mais rouba cargas de cigarros, eletrônicos e bebidas do mundo.

As investigações preliminares indicam que o próprio chefe do tráfico participou da ação e classificou o ato como uma espécie de “presente de Natal” para os moradores. Mas, depois que a notícia do roubo das motos passou a ser divulgada, “Playboy” voltou a zombar das autoridades e mandou devolver uma parte do que havia sido roubado. Noventa e sete motos foram devolvidas.

Até o momento, o Detro ainda não informou oficialmente quantas motos foram roubados, mas a estimativa inicial é que pelo menos 193 veículos foram roubados.

Leia também:

Novo líder do Choque era o favorito de coronel exonerado

Oficiais da PM do Rio incitaram pancadaria contra black blocs