Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Turbina solta chamas e avião retorna a aeroporto em SP

O comandante avisou os tripulantes de que não se tratava de um problema grave, mas que teria de retornar ao aeroporto

Um avião com 54 passageiros foi obrigado a retornar ao aeroporto de São José do Rio Preto, na manhã desta quinta-feira, depois que uma das turbinas do aparelho – um turboélice ATR 72-200 – soltou fogo e faíscas em pleno voo.

A aeronave, da Azul Linhas Aéreas, que fazia o voo 4311 com destino a Campinas, decolou do aeroporto professor Eribelto Manoel Reino às 6h11, mas 12 minutos depois aterrissou de volta, liberando rapidamente a tripulação e os passageiros, que desceram em segurança. Ninguém se feriu. O aparelho passa por avaliação mecânica.

Alguns passageiros disseram que viram o momento em que o avião apresentou a pane. “Vi quando uma turbina do lado esquerdo, próxima da asa, soltou uma tocha de fogo, que logo depois se transformou em faíscas”, contou o empresário Paulo Eugênio, um dos passageiros, em entrevista à TV Tem.

O comandante avisou os tripulantes de que não se tratava de um problema grave, mas que teria de retornar ao aeroporto. A Azul Linhas Aéreas distribuiu nota informando que o problema foi causado por um objeto não-identificado, que foi sugado pela turbina do avião no momento da decolagem, mas que não atrapalhou o desempenho do aparelho durante voo.

“Tal fato não afetou a potência do motor, entretanto, por uma questão de segurança, o comandante resolver retornar ao ponto de origem para uma averiguação completa dos possíveis danos ao turboélice”, diz a nota. De acordo com a assessoria da Azul, os passageiros tiveram de esperar por três horas até serem embarcados num jato Embraer-195, disponibilizado pela companhia, uma vez que o voo das 10h15 seria feito com o mesmo aparelho que apresentou problemas.

No total, 118 pessoas embarcaram no voo das 10h15 com destino a Campinas. Apenas dois passageiros do voo das 6h11, que perderam conexões em São Paulo, decidiram não viajar.

(Com Agência Estado)

LEIA TAMBÉM:

Falha no motor provocou queda de avião em Recife