Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Termina em fracasso tentativa de Palfrey de cruzar a nado o estreito da Flórida

A tentativa da britânico-australiana Penny Palfrey de cruzar a nado o estreito da Flórida, entre Cuba e Estados Unidos, terminou em fracasso na madrugada deste domingo após 40 horas de esforço, em consequência das dificuldades impostas por uma forte corrente oceânica.

“Penny Palfrey teve que ser retirada da água, depois de ter nadado mais de 40 horas, à meia-noite” (1H00 de Brasília), informou no Twitter a equipe da nadadora.

O motivo alegado para a desistência foi a forte corrente sudeste que impossibilitava Palfrey de continuar nadando.

Palfrey, 49 anos, três filhos e dois netos, tentava ser a primeira a nadar o estreito de 166 km entre Cuba e o sudeste dos Estados Unidos sem uma jaula de proteção contra os tubarões. Ela estava a apenas 43 km ao sul de Cayo Hueso, seu destino, quando desistiu da façanha.

Especialistas afirmam que as correntes no estreito da Flórida podem ser muito fortes para que uma pessoa seja capaz de lutar contra elas. Se um nadador não calcular bem, pode terminar sendo arrastado.

Apesar da desistência, Palfrey quebrou o próprio recorde mundial de nado em mar aberto de 59,64 milhas náuticas (110,45 km).