Clique e assine a partir de 9,90/mês

Tenente-coronel da PM do Rio é condenado por sequestro de traficantes

Ex-comandante da PM e outros 11 oficiais foram acusados pelos crimes de roubo qualificado e extorsão

Por Estadão Conteúdo - Atualizado em 27 Sep 2018, 13h28 - Publicado em 26 Sep 2018, 16h16

O tenente-coronel da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Dayzer Corpas Maciel, foi condenado a vinte anos de prisão pelo sequestro de dois traficantes de uma facção criminosa em 2014. Outros onze oficiais acusados pelo Ministério Público também receberam penas que variam entre onze e 24 anos pelos crimes de roubo qualificado e extorsão mediante sequestro.

De acordo com a denúncia, o ex-comandante do 17º Batalhão de Polícia Militar e os outros oficiais exigiram mais de 300.000 reais pelo resgate dos chefes do tráfico do Morro do Dendê, na Ilha do Governador, e de Senador Camará, na Zona Oeste do Rio.

Na ocasião, eles abordaram um veículo Ford EcoSport vermelho com cinco traficantes armados, na Estrada do Galeão. Com eles havia quatro fuzis, dezoito granadas, três pistolas, oito carregadores e munição. Além da extorsão, os policiais se apropriaram de três dos fuzis apreendidos e os revenderam a traficantes da mesma organização criminosa.

Em sua decisão, a magistrada Ana Paula Monte Figueiredo diz que os condenados infringiram o Código Penal Militar e, por isso, devem cumprir pena de reclusão em regime fechado. Quatro dos denunciados foram absolvidos.

Publicidade