Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Temporal no Rio Grande do Sul deixa mais de 360 mil residências sem luz

Chuva forte colaborou com a queda de galhos que danificam a rede elétrica

O forte temporal que atingiu várias cidades do Rio Grande do Sul na madrugada deste domingo deixou mais de 360.000 pontos sem energia elétrica. De acordo com a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), no auge da tempestade, mais de 300.000 usuários ficaram sem luz.

“No final da manhã, ambas as regiões seguiam com a maioria dos casos sem solução: em torno de 95.000 na Grande Porto Alegre e 30.000 em Pelotas e arredores. Conforme medição de institutos de Meteorologia, a velocidade dos ventos ultrapassou a marca dos 80 km/h no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. Também houve registro de chuva forte, colaborando para a queda de galhos que danificam a rede elétrica”, informou a assessoria da empresa.

Os municípios da região Metropolitana de Porto Alegre foram os mais prejudicados. Também houve danos significativos no sul do estado, especialmente das cidades de Canguçu, Capão do Leão, Arroio Grande, Jaguarão e Pelotas. A CEEE atua na região Metropolitana, Sul, Litoral e Campanha gaúcha, atendendo a 72 municípios, aproximadamente a 34% do mercado consumidor do Rio Grande do Sul.

Além dos clientes atendidos pela CEEE, o temporal trouxe prejuízos para os usuários atendidos pelas distribuidoras RGE e RGE-SUL que também tiveram o fornecimento de energia interrompido. As duas empresas atendem 264 municípios, nas regiões norte e nordeste do Estado do Rio Grande do Sul, com aproximadamente 1,4 milhão de consumidores. No início da tarde, 14.000 clientes da RGE estavam sem energia, a maioria em Gravataí, Taquara, cidades no entorno de Caxias do Sul e Região dos Vinhedos. Na RGE Sul são 39.000 clientes sem energia elétrica, concentrados na região Metropolitana e Vales.