Clique e assine com até 92% de desconto

Temer recebe Rodrigo Maia e Eunício no Palácio do Jaburu

Presidente da Câmara declarou lealdade ao atual ocupante da Presidência, mas aumenta entre aliados defesa de seu nome como alternativa à crise política

Por Da redação Atualizado em 10 jul 2017, 16h45 - Publicado em 9 jul 2017, 14h38

Um dia após retornar da cúpula do G20, na Alemanha, o presidente Michel Temer recebeu na manhã deste domingo os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), no Palácio do Jaburu, em Brasília.

Maia ficou no palácio por pouco mais de uma hora. Próximo na linha sucessória da presidência da República, ele tem declarado, nos últimos dias, lealdade a Temer enquanto vê crescer a defesa de seu nome por aliados do PSDB e do seu partido como alternativa viável para estancar a crise política.

  • “Eu aprendi em casa a ser leal, a ser correto e serei com o presidente Michel Temer sempre”, disse na sexta-feira, em Buenos Aires.

    De quinta-feira até ontem, Eunício foi o presidente do Brasil em exercício porque tanto Temer quanto Maia estavam fora do país. Maia retornou ontem da Argentina, onde esteve para o Fórum de Relações Internacionais e Diplomacia Parlamentar.

    No sábado, na saída do hotel em que se hospedou na Alemanha, Temer disse a jornalista que estava “tranquilíssimo” para voltar. No entanto, o presidente antecipou seu retorno e embarcou para o Brasil antes do fechamento do evento em Hamburgo.

    Ao deixar o saguão do Le Meridien, ele foi questionado sobre sua estratégia de atuação ao voltar diante da acentuação da crise política. “Vou continuar trabalhando pelo país, fazendo a economia crescer, como está crescendo, sem nenhum problema, e fazendo com que todos fiquem em paz”, afirmou.

    (Com Estadão Conteúdo)

    Continua após a publicidade
    Publicidade