Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Temer: alta só na segunda-feira

Médicos afirmam que cirurgia a que presidente foi submetido para raspagem da próstata ocorreu "sem intercorrências" e que biópsia descartou risco de câncer

O presidente Michel Temer passa bem após a cirurgia a que foi ontem à noite, afirmam os médicos do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Segundo a equipe do médico Roberto Kalil Filho, que coordena o atendimento, a intervenção cirúrgica com o objetivo para a raspagem da próstata e desobstrução da uretra do presidente levou duas horas e foi realizada “sem intercorrências”. Temer passou a noite em recuperação na terapia semi-intensiva, mas já foi transferido para o quarto. A previsão de alta, de acordo com os médicos do Sírio, é para a segunda-feira.

No início da coletiva, foi anunciado ainda que o cateterismo a que se pretendia submeter o presidente – que recentemente teve diagnosticada obstrução numa artéria cardíaca – não será realizado agora. Os médicos ponderaram que, nesse momento, é melhor focar no problema urinário causado pelo aumento da próstata.

Segundo o urologista Miguel Srougi, a sonda que o presidente carrega para drenar urina deverá ser retirada neste domingo. Segundo ele, o presidente passou pelo mesmo procedimento há sete anos, mas é comum que o quadro se repita. Por precaução, também foi realizada uma biópsia para avaliar o risco da presença de um tumor maligno. O resultado preliminar, informam os médicos, é de esse risco foi afastado.

Temer foi internado no Sírio-Libanês no início da noite com quadro de retenção urinária por hiperplasia benigna da próstata.

O problema foi descoberto na quarta-feira, dia da votação da segunda denúncia contra ele na Câmara dos Deputados, quando o presidente foi internado no Hospital do Exército após sentir-se mal e foi constatada a obstrução urológica.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Carlos Aurélio

    Que pena. Bandido bom é bandido morto.

    Curtir