Clique e assine a partir de 9,90/mês

SP: roubos de carga diminuem 8,7% em maio

Na região de Campinas, conhecida pelos roubos a transportadoras, queda foi de 12,9% em comparação com o mesmo período do ano passado

Por Da Redação - 25 Jun 2015, 09h56

O número de roubos de carga em Campinas teve redução de 12,9% em maio, em comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados na quarta-feira pelo secretário estadual da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, em reunião do Gabinete Metropolitano de Gestão Estratégica de Segurança Pública (Gamesp), em Campinas.

A região é conhecida por grandes roubos de carga. Só no primeiro trimestre deste ano, por exemplo, houve 133 ações, sendo que 68% delas se concentraram na região que ficou conhecida como “triângulo das bermudas” – que abarca as cidades de Campinas, Jundiaí, Itupeva, Indaiatuba, Louveira, Valinhos e Vinhedo -, conforme mostrou reportagem do site de VEJA.

O Estado de São Paulo também teve queda nas ocorrências de roubos de cargas: 8,7% A capital paulista registrou uma diminuição de 14,3% nesse tipo de crime. A região metropolitana de São Paulo, no entanto, apresentou aumento de 7,5%.

“Com a prisão de quadrilhas que atuavam nessa área haverá queda grande. Também recuperamos produtos roubados do Magazine Luiza e da Samsung”, disse o secretário.

Continua após a publicidade

Prisões – Policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) prenderam, em maio, o líder da quadrilha especializada que havia roubado, no mesmo mês, o centro de distribuição do Magazine Luiza, em Louveira. Pouco depois, foram detidos suspeitos de participar do roubo à fábrica da Samsung, em Campinas, no ano passado.

Em 21 de maio, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público de São Paulo e as Polícias Federal e Militar fizeram uma operação para prender um bando que roubava cargas em várias cidades do interior e teria causado prejuízos de 6 milhões de reais. O grupo foi responsável por assaltos nas rodovias que cruzam as cidades de Campinas, Jundiaí, São Carlos, Rio Claro, Atibaia, Louveira, São Roque e Boituva. Desde o início das investigações, dez roubos haviam sido praticados pelo grupo nessa região.

Leia também:

Polícia prende megaquadrilha de roubo de cargas em SP

Continua após a publicidade

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade