Clique e assine a partir de 9,90/mês

Sinagoga é inaugurada em colônia ilegal na Cisjordânia

Por Menahem Kahana - 5 fev 2012, 18h59

Uma sinagoga foi inaugurada neste domingo em uma colônia ilegal em Mitzpe Yitzhar, localizada próximo ao assentamento de Yitzhar, no norte da Cisjordânia, constatou um jornalista da AFP.

Dezenas de pessoas participaram da inauguração da primeira sinagoga desta colônia ilegal, onde o exército israelense destruiu há dois meses uma residência precária, instalada sem autorização.

A sinagoga, na verdade uma pequena estrutura de menos de 50 metros quadrados, será utilizada como local de culto pelos moradores de Mitzpe Yitzhar: seis famílias e alguns solteiros.

No passado, as autoridades israelenses destruíram várias construções em Mitzpe Yitzhar, mas “este local santo jamais será destruído”, afirmou Itzik Sandroy, fundador da colônia.

O presidente do Conselho Regional de Samaria (nome bíblico da região), Gershon Messica, encarregado das colônias no norte da Cisjordânia, presente na cerimônia, disse à AFP que “construir uma sinagoga neste local é a forma mais forte de mostrar até que ponto o povo judeu está arraigado a esta terra”.

A colônia vizinha de Yitzhar, reduto de nacionalistas e ultraortodoxos, tem a reputação de ser um dos assentamentos mais extremistas da Cisjordânia ocupada.

Este setor, próximo à cidade palestina de Nablus, é com frequência cenário de enfrentamentos entre os colonos e os palestinos ou as forças de segurança israelenses.

Continua após a publicidade
Publicidade