Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Semáforo de pedestre na av. Paulista ganha símbolo de casal homoafetivo

Iniciativa é da Prefeitura de São Paulo, em 'apoio à diversidade'; região recebe neste domingo a 23ª Parada do Orgulho LGBT

A Prefeitura de São Paulo mudou os semáforos de pedestres da avenida Paulista: em vez do símbolo do transeunte caminhando ou parado, agora há bonecos representando casais homoafetivos. A mudança ocorreu em seis intersecções da avenida, que neste domingo, 23, recebe a 23ª Parada do Orgulho LGBT. De acordo com a prefeitura, a modificação ocorreu em “apoio à diversidade e em respeito ao público LGBT”.

A iniciativa é da Prefeitura e da Secretaria de Mobilidade e Transportes, por meio da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), responsável pela confecção e instalação dos pictogramas. A administração informou que, na madrugada de domingo para segunda-feira, os semáforos voltarão a apresentar as imagens padrão.

As seis intersecções onde será possível encontrar a sinalização estilizada estão: na av. Paulista com a rua Augusta; na av. Paulista com a alameda Joaquim Eugênio de Lima; na av. Paulista com a rua Peixoto Gomide; na av. Paulista com a av. Brigadeiro Luís Antônio; na av. Paulista com a alameda Campinas; e na av. Paulista com a rua Pamplona.

Prefeitura de SP põe símbolo de casais homoafetivos nos semáforos de pedestres

Prefeitura de SP põe símbolo de casais homoafetivos nos semáforos de pedestres (TV Globo/Reprodução)

Interdição de vias

A 23ª Parada do Orgulho LGBTI de São Paulo acontecerá das 12h00 às 18h00 neste domingo. A CET informou que irá ativar um plano operacional de trânsito na região da avenida Paulista, na rua da Consolação e no centro. “A interdição da avenida Paulista, em ambos os sentidos, está prevista para as 10h, porém, as transposições pela avenida Brigadeiro Luís Antônio, pela rua Teixeira da Silva e pela rua Carlos Sampaio/Maria Figueiredo permanecerão liberadas”, informou, em nota, o órgão.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. antonio santos

    Em que pese o retorno que essa parada fornece a cidade de S. Paulo, não acho que a prefeitura deva usar dinheiro publico para isso!

    Curtir

  2. José Antonio Silva

    Não é permitido comentar isso?

    Curtir

  3. José Antonio Silva

    Só são aceitos comentários favoráveis?

    Curtir

  4. José Antonio Silva

    Cambada de gays bloqueiam comentários contrários? E depois não reclamam de homofobia?

    Curtir