Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rio planeja mais três protestos contra a Copa esta semana

Pelo Facebook, manifestantes combinam atos para esta terça, quarta e sexta

Os protestos contra a Copa do Mundo não cessam no Rio de Janeiro. Há pelo menos três atos programados para esta semana, o primeiro deles ocorre nesta terça-feira, dia da partida entre Brasil e México. Os manifestantes marcaram a concentração para uma hora depois do início do jogo, que acontece em Fortaleza. Contra o aumento das passagens no transporte público, eles se encontram no Centro e devem seguir em passeata até a Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado.

A escolha do local – distante de Copacabana, onde milhares de torcedores se reúnem na arena da Fifa Fan Fest – deve obrigar a PM a dividir o efetivo. Não está descartada, no entanto, a possibilidade de os manifestantes decidirem surpreender as autoridades de segurança pública e usarem o metrô para se deslocar até a praia, como ocorreu no dia da abertura da Copa do Mundo.

As outras duas manifestações estão sendo planejadas para quarta e sexta-feira. No dia do jogo entre Espanha e Chile, no Maracanã, manifestantes contrários à realização do Mundial sairão mais uma vez às ruas. O ato, convocado pelo Facebook, não teve local nem horário confirmados ainda, mas deve repetir o já conhecido roteiro dos protestos nas imediações do estádio, que tem a segurança reforçada.

Dois dias depois, as ruas do Rio enfrentarão outro ato, que seguirá da Candelária à prefeitura, na Cidade Nova. O ato celebra um ano da grande manifestação de 20 de junho de 2013, quando cerca de 300.000 pessoas se reuniram no Centro. Mas o Facebook já mostra uma adesão bem menos no encontro deste ano, batizado como O Retorno do Gigante: pouco mais de 5.000 pessoas confirmaram presença.

Leia também:

No Rio de Janeiro, torcida venceu os protestos

Black blocs atacam torcedores em Copacabana

‘Vi baderneiros e bandidos infiltrados’, diz músico cercado por black blocs