Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Representação contra Temer por obstrução de Justiça chega à PGR

A ação pede a abertura de inquérito contra o presidente da República por acionar a Abin para investigar o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) protocolizou nesta segunda-feira uma representação na Procuradoria-Geral da República pedindo a investigação do presidente Michel Temer sobre a possível prática de atos de obstrução das atividades da Justiça, abuso de autoridade e corrupção passiva.

A ação se dá após a revelação, feita por VEJA, de que o governo acionou a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) para fazer uma devassa na vida do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF).

O senador sustenta que o uso do aparato estatal de inteligência “transborda qualquer falsa aparência de motivação pública” e que a sua adoção “se dá com nítido propósito de promover constrangimento público a quem se encontra imbuído da prerrogativa institucional de investigar – caso do Procurador-Geral da República – ou julgar – caso do Ministro Fachin – o representado”.

“Essa ‘operação’, por parte da Abin, não possui qualquer razão de Estado aparente como motivadora que não seja o vil interesse de promover vingança pessoal em favor do representado e, ainda, obstar o andamento do inquérito contra si movido. Haveria, na confirmação dos fatos delitivos ora narrados, flagrante manobra de obstrução do trabalho investigativo através do uso do próprio aparelho estatal, que deveria ser utilizado em sentindo diametralmente oposto, para a asseguração do devido processo legal e garantia de exercício de prerrogativas por parte de membros do Ministério Público e Judiciário”, escreveu Randolfe na representação.

Se acatar a representação, a Procuradoria-Geral da República deve pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) a instauração de um inquérito contra Temer.

Atualmente, o presidente da República já é alvo de inquérito no STF no âmbito da Operação Lava Jato e que corre nas mãos de Edson Fachin, o ministro que entrou na mira da Abin. A Procuradoria deve apresentar denúncia contra o peemedebista nos próximos dias.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ricardo Andreucci

    Tenha a paciencia…..Investigar boato, para indiciar Temer ? Ora, o Renan está logo ali pertinho , e o PGR nada faz. Quer saber.?…….nao vai dar em nada. Onde estao as evidencias ?

    Curtir

  2. Um perfeito paspalho, esse Randolfe Rodrigues: qual a prova oferecida do alegado acionamento da Abin??? Uma reportagem da Veja, com fonte em off. Mais um a trabalhar de mãos dadas com Dom Janot…

    Curtir

  3. glauco arias

    Temer se tornou o grande ditador com a legitimação do seu governo pelo Gilmar & Cia.
    Agora abusa do poder e obstrui a justiça sem nenhum constrangimento ou oposição.
    Acabou com o poder judiciário, o único que poderia se opor a ele.
    Acabou com a credibilidade das eleições e jogou no esgoto nossa falsa democracia.
    Agora temos uma ditadura oficializada pelo TSE (Gilmar).
    Ninguém poderá impedi-lo agora. Tem maioria nos 3 poderes.
    Não existe mais fraude eleitoral, tudo vale em nome da “governabilidade”.
    A ORCRIM DOMINA TODOS OS PODERES.

    Curtir

  4. Se a Abin for investigar de verdade, vai colocar até o Sarney na cadeia porque, sabemos, é ladrão também.

    Curtir

  5. Essas iniciativas dessa gente de esquerda seguem o protocolo e ensinamentos de Saul Alinsky – mentor de Barack Obama e Hilary Cinton. Basta que se lhes dê o troco. Propor ações contra eles.

    Curtir

  6. Pronto viramos a Venezuela, nosso governo age como uma ditadura constitucional. Que deus nos ajude!

    Curtir

  7. Hummm… Ta aparecendo muitos defensores do homem que estavam nas sombras. Veja não é boba. Nesse caldo tem osso…

    Curtir

  8. Carlos Alberto Castro Martins Martins

    Costumamos condenar o PCC Fernandinho Beira Mar Marcola, Elias Maluco e outras dezenas de facções que povoam nosso país. Mas esquecemos que não existe nenhuma diferença entre eles e as Quadrilhas que se apossaram do Palácio do Planalto e dos STFs desde que houve a chamada Abertura Política à democracia. Só para refrescar nossa memória: Quadrilha Sarney – (que permanece até hoje), Quadrilha Collor (que permanece até hoje), Quadrilha LulaBaba e seus 40Mil Ladrões e a continuação -Quadrilha Dilma e suas empreiteiras, Quadrilha Temer e seus Ministros corruptos, e por fim – Quadrilha Gilmar Mendes e seus Ministros Supremos. Se fosse possível avaliar quem mais fez mal ao Brasil, garanto com certeza absoluta que não foram PPC e seus etc….etc….

    Curtir

  9. Carlos Alberto Castro Martins Martins

    Costumamos condenar o PCC Fernandinho Beira Mar Marcola, Elias Maluco e outras dezenas de facções que povoam nosso país. Mas esquecemos que não existe nenhuma diferença entre eles e as Quadrilhas que se apossaram do Palácio do Planalto e dos STFs desde que houve a chamada Abertura Política à democracia. Só para refrescar nossa memória: Quadrilha Sarney – (que permanece até hoje), Quadrilha Collor (que permanece até hoje), Quadrilha Lula e a continuação – Quadrilha Dilma e suas empreiteiras, Quadrilha Temer e seus Ministros corruptos, e por fim – Quadrilha Gilmar Mendes e seus Ministros Supremos.

    Curtir

  10. Os que tem bandidos de estimação comentam. Ser a favor do temer é gostar de bandido.

    Curtir