Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Queda de barreira interdita acesso a Nova Friburgo

Chuva diminui, mas risco nas estradas permanece. Concessionária que administra a RJ 116 informa que está trabalhando para liberar a pista

Por Da Redação - 3 jan 2012, 10h04

A Rodovia RJ 116, que dá acesso ao município de Nova Friburgo, voltou a ser interditada nesta terça-feira. Uma barreira caiu na altura do quilometro 70, nas imediações do distrito de Mury, em Nova Friburgo. A concessionária Rota 116, administradora da rodovia, informa que operários, máquinas e caminhões estão no local para tentar desobstruir a via. O tráfego será liberado aos poucos. Primeiro, quando a rodovia já estiver limpa, será implantado o sistema de pare e siga. Só depois as pistas serão liberadas, ainda sem previsão de horário.

A concessionária pede que os motoristas parem em postos de gasolina ou restaurantes ao longo da via para aguardar até a liberação da RJ 116. Essa queda de barreira não é o único problema na rodovia. No quilômetro 128, entre as cidades Cantagalo e Macuco, a via funciona com pare e siga. O motivo são as obras emergenciais para a recuperação das pistas, afetadas pela forte chuva que atingiu a estrada neste início de ano. A enxurrada criou um desnível de 30 centímetros no trecho.

A RJ 116 tem sido afetada nas últimas semanas pela chuva. Na segunda-feira, uma árvore caiu nas proximidades do quilômetro 43, em Cachoeiras de Macacu. A rodovia teve de ficar interditada por 40 minutos. No dia 29, chovia forte e um eucalipto caiu na pista, na altura de Mury. A árvore bateu em uma rede de energia e comprometeu a iluminação. Em outro trecho da RJ 116, perto da cidade de Bom Jardim, a chuva provocou queda de barreira, e a estrada ficou operando em esquema de pare e siga.

Sempre que chove na RJ 116, o pedido da concessionária é para que os motoristas evitem o trafegar pela estrada. A rodovia, por ser na Região Serrana, é sinuosa. São comuns deslizamentos de terra, de pedra e queda de árvores na pista.

Publicidade