Clique e assine a partir de 9,90/mês

PSDB vai recorrer da decisão do TSE, diz deputado tucano

Segundo Ricardo Tripoli, líder do partido na Câmara, abrir mão do recurso contra a absolvição da chapa Dilma-Temer seria 'prevaricar'

Por Da redação - 12 Jun 2017, 23h13

O líder do PSDB na Câmara, deputado Ricardo Tripoli (SP), anunciou na noite desta segunda-feira que o partido vai recorrer da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de não cassar a chapa Dilma-Temer durante o julgamento concluído na semana passada. Segundo Tripoli, a decisão foi tomada durante a reunião da executiva nacional e de outras lideranças tucanas, quando o partido decidiu permanecer na base aliada de Temer.

“O partido vai recorrer, a forma como vai recorrer ainda não foi definida”, disse Tripoli em entrevista coletiva. Para o parlamentar, o melhor caminho deve ser apresentar um recurso extraordinário no Supremo Tribunal Federal (STF) questionando a decisão do TSE. “A ação é do PSDB. Se não entrar (com recurso), está prevaricando. A incoerência seria não ocorrer”, acrescentou o líder tucano, ao ser questionado se o recurso contradiz a decisão da maioria do PSDB de não desembarcar do governo.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade