Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Prefeitura do Rio amplia interdições de trânsito para o réveillon de Copacabana

Objetivo é dar prioridade aos deslocamentos a pé até os pontos de ônibus e táxis. Avenidas Nossa Senhora de Copacabana e Barata Ribeiro serão fechadas das 23h30 do dia 31 até as 2h do dia 1º de janeiro

A prefeitura do Rio divulgou nesta terça-feira o esquema de operação dos órgãos públicos para o réveillon de Copacabana. A grande novidade em relação aos anos anteriores é que, além da Avenida Atlântica, onde ocorre a queima de fogos, as avenidas Nossa Senhora de Copacabana e Barata Ribeiro estarão fechadas para todos os veículos das 23h30 do dia 31 de dezembro às 2h do dia primeiro. Durante esse período, carros, táxis e ônibus poderão circular. Segundo o secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão, a medida visa a dar mais conforto aos pedestres, que poderão transitar livremente pelas ruas e calçadas durante o horário de pico da festa.

“A maior parte do público se retira após a queima de fogos. Portanto, estamos priorizando o escoamento da multidão. As pessoas que vão a pé poderão retornas para suas casas sem o desconforto da concorrência de espaço com os carros, ônibus e táxis. E quem mora em regiões mais distantes de Copacabana poderão se encaminhar mais rapidamente para a sua condução, seja ela metrô, ônibus ou táxi”, explicou o secretário.

Para facilitar a volta para casa após a queima de fogos e os shows na orla, a prefeitura criou três pontos de embarque para mais de 80 linhas de ônibus, para todas as regiões da cidade. Segundo o secretário de Turismo e presidente da Riotur, Antônio Pedro Figueira de Melo, a interdição das duas principais vias de acesso ao bairro é uma demanda antiga da população carioca.

“Os ônibus ficavam engarradados porque havia uma multidão de pedestres nessas ruas. Agora as pessoas vão caminhar um pouco mais, mas saberão que poderão pegara a condução confortavelmente, sem superlotação ou congestionamento, afirmou Antônio Pedro. “Depois do Rock in Rio, o carioca se acostumou a andar mais para pegar o transporte público porque sabe que é melhor do que ir de carro”, disse.

Os pontos de ônibus para o réveillon:

Área 1 -Av. Barata Ribeiro próximo aos fundos do hotel Copacabana Palace)

Para quem chegar aos bairros da Abolição, Méier, Tijuca, Vila Isabel, Triagem, Penha, Olaria, Ramos, Jacaré; Central, Lapa e Rodoviária; e Urca e Glória.

Área 2 – Rua Tonelero (a partir da Rua Santa Clara) e Rua Pompeu Loureiro – Para os passageiros que retornarão aos bairros do Centro, Cosme Velho, Largo do Machado, Grajaú e São Cristóvão.

Área 3 – Rua Raul Pompéia

Para quem vai em direção aos bairros do Cosme Velho, Ipanema, Leblon, Gávea, São Conrado, Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Jacarepaguá, Campo Grande e Santa Cruz.

Táxis

Os táxis contarão com áreas de embarque pré-definidas. Av. Princesa Isabel (na pista sentido Rio Sul e Centro), Rua Tonelero (a partir da Rua Santa Clara) e Rua Pompeu Loureiro (toda extensão – lado direito), além da Rua Joaquim Nabuco, ambos os lados, entre a Av. Nossa Senhora de Copacabana e a Av. Vieira Souto.

Metrô

Como faz há 14 anos, a concessionária MetrôRio também terá esquema especial para o réveillon. Já estão à venda os cartões de embarque com faixas de horário pré-determinadas de embarque para a ida a Copacabana. Os bilhetes serão diferenciados por cores. Azul (das 19h às 20h), Laranja (das 20h às 21h), Verde (das 21h às 22h) e Amarelo (das 21h às 24h). Na volta da festa, das 0h e 5h, o passageiro poderá embarcar em qualquer horário independente da cor do seu cartão. A partir das 5h não serão mais aceitos os bilhetes especiais do réveillon.

O MetrôRio informa que mais de 90% dos cartões especiais de réveillon ainda estão disponíveis. Eles estão sendo vendidos em oito estações: Pavuna, Del Castilho, Saens Peña, Central, Carioca, Botafogo, Largo do Machado e Ipanema. A partir do dia 25 de dezembro a venda acontecerá apenas nas estações Central, Carioca e Largo do Machado. Os cartões custam R$ 6 (ida e volta) e R$ 3,10 (ida ou volta).

Ônibus de Turismo

Não serão criadas áreas especiais de estacionamento e ônibus de turismo não poderão estacionar em Copacabana e nos bairros do entorno (Ipanema, Lagoa, Urca, Botafogo).