Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia ouve integrante do BBB após suposto estupro

Por Solange Spigliatti

São Paulo – O delegado Antônio Ricardo Nunes, da 32ª Delegacia de Polícia (Taquara), no Rio, foi ao Projac, da TV Globo, na manhã de hoje para ouvir uma das integrantes de uma programa de reality show, após um suposto estupro.

Segundo a Polícia Civil, o delegado chegou ao local por volta das 10h30 para ouvir o depoimento da estudante gaúcha Monique Amin, de 23 anos, que teria sido a vítima de um suposto abuso sexual cometido dentro da casa do “Big Brother Brasil” por Daniel Echaniz, de 31 anos.

De acordo com o site G1, além de Monique, o modelo paulista Daniel, que foi eliminado do programa ontem, também prestou depoimento ao policial. Ao site EGO, o chefe de investigação da 32ª DP, Paulo Villas Boas, disse que o inquérito ainda não foi aberto. “Antes de qualquer coisa, precisamos ouvir as partes envolvidas. O inquérito só será aberto se Monique confirmar que houve abuso e disser que não tinha discernimento.”