Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PF desarticula organização que sonegou R$ 2 bilhões

Esquema envolvia sete Estados brasileiros. Investigados acumularam patrimônios que somam 80 milhões de reais

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira em sete estados a Operação Huno, para desarticular uma quadrilha que sonegou 2,1 bilhões de reais em operações no mercado clandestino de cigarros. Agentes já cumpriram sete mandados de prisão, sete de condução coercitiva e cinquenta de busca e apreensão em São Paulo, Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, Ceará e Pará

As investigações que identificaram o grupo tiveram início em 2013, quando foi deflagrada a Operação Sentinela do Ministério da Justiça. De acordo com a PF, o patrimônio dos envolvidos no esquema soma 80 milhões de reais e incluiu de veículos a imóveis. Os bens já foram sequestrados pela Justiça.

A organização é suspeita de associação criminosa, contrabando, adulteração de produtos entregues a consumo, pirataria, receptação e falsificação de documentos. O esquema do grupo era tão sofisticado que demandou a união de 200 policiais federais, 90 servidores da Receita Federal e quatro procuradores da Fazenda Nacional para ser desarticulado.

Por meio de empresas de fachada e laranjas, a quadrilha contrabandeava tabaco para fábricas paraguaias e, depois, importava o cigarro para o Brasil.

(Da redação)