Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pezão, agora, promete incluir combate a milícias em plano de governo

Candidato à reeleição afirmou que IBGE errou no cálculo do investimento feito pelo governo estadual em saúde

O governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), candidato à reeleição, prometeu nesta terça-feira incluir propostas de combate às milícias em seu plano de governo. Em entrevista ao RJTV, da Rede Globo, o candidato tentou se justificar pela ausência de projetos para combater milicianos no programa protocolado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O assunto voltou à tona, depois da revelação, nos últimos dias, de que cresceu significativamente a presença de milícias em cidades do Estado do Rio de Janeiro, a despeito das prisões de quadrilhas. “Se precisar colocar, nós vamos colocar. Agora, o combate à milícia a gente está fazendo permanentemente. Nós prendemos nesses 7 anos e 10 meses de governo todos os chefes da milícia que tinham sido colocados no relatório da CPI da Assembleia Legislativa. Nós não compactuamos”, afirmou Pezão.

Em outro trecho da entrevista, Pezão chegou a afirmar que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estava errado ao afirmar que o Rio de Janeiro investiu apenas 7,2% do orçamento em saúde públicao, o menor porcentual do país na área. “Você não pode pegar um dinheiro que vem para o metrô na saúde, nem na educação”, garantiu.