Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Pará e Espírito Santo podem ser atingidos por manchas de óleo

Estados montam planos se preparando para possível contaminação pelo derramamento de óleo ainda concentrado no Nordeste

Por Agência Brasil - 25 out 2019, 01h20

Após atingir nove estados da região Nordeste, Pará (na região Norte) e Espírito Santo (região Sudeste) se preparam para a possibilidade de contaminação pelo derramamento de óleo de origem ainda desconhecida.

O governo paraense montou, preventivamente, equipes para monitorar os municípios da costa. O Espírito Santo também já conta com um comitê de emergência ambiental para lidar com a chegada do óleo. Em ambos os estados, as secretarias de Meio Ambiente e a Defesa Civil já foram acionadas.

De acordo com a secretaria de Meio Ambiente do Espírito Santo, não é possível determinar a chegada do óleo às praias capixabas, porém o monitoramento é contínuo.

Ações contra o óleo

Publicidade

O site Mancha no Litoral, lançado nesta quinta-feira 24 pelo governo federal, agrega notícias e ações relativas às manchas de óleo nos estados afetados. O site mantém um mapa das regiões afetadas e quais ações o governo tomou nas respectivas localidades. Pará e Espírito Santo ainda não constam no levantamento.

Publicidade