Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Operação da PF mira em empréstimos fraudulentos da Caixa na Bahia

Fraudes na concessão de empréstimos superam 10 milhões de reais apenas em 2013. Dezenove empresas estão envolvidas no esquema

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira a Operação Ali Babá que investiga empresas que aplicavam golpes na Caixa Econômica Federal e em outras instituições financeiras da Bahia. As investigações apontaram fraudes superiores a 10 milhões de reais apenas no ano de 2013.

Cerca de 140 policiais federais cumprem 25 mandados de prisão, sendo 10 preventivas e 15 temporárias, 28 mandados de busca e apreensão e 4 mandados de condução coercitiva nas cidades de Salvador, Feira de Santana, Seabra, Palmeiras, Monte Santo, Presidente Tancredo Neves e Remanso, no Estado da Bahia.

LEIA TAMBÉM:
Lava Jato já recuperou 2,9 bilhões de reais
AGU cobra R$ 12 bilhões de empresas e pessoas envolvidas na Lava Jato

Segundo a PF, a organização criminosa operava desde 2006 e sua principal forma de atuação era através de empresas inidôneas, em nome de “laranjas”, com as quais eram obtidos empréstimos de altos valores junto a diversas agências bancárias de vários bancos. Após recebidos, os créditos jamais eram pagos.

O esquema  também contava com fornecimento de documentos falsos que viabilizavam a formação das empresas e a obtenção dos empréstimos fraudulentos. “As investigações apontaram 19 empresas envolvidas no esquema, mas suspeita-se que esse número seja maior. Todos os envolvidos deverão responder por organização criminosa e estelionato”, afirma a PF em nota.