Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Onda de violência não cessa e SC registra mais 7 ataques

Ao todo, a Polícia militar registrou 106 ocorrências; a casa de um policial militar foi alvejada com cinco tiros na noite deste domingo

Por Andressa Lelli 6 out 2014, 10h59

Mesmo com a chegada da Força Nacional de Segurança, os ataques em Santa Catarina não deram trégua. A Polícia Militar (PM) registrou mais sete ataques entre a noite deste domingo e a manhã desta segunda-feira. Desde o dia 26 de setembro, já são 106 ocorrências – entre elas, três mortes.

Por volta das 21h20, quatro homens colocaram fogo em um caminhão em Itajaí. Às 23h25, três ônibus escolares da prefeitura de Agrolândia foram incendiados no Parque de Exposições. O fogo começou em um dos ônibus – que foi totalmente consumido pelas chamas – e se espalhou para os outros dois, que ficaram parcialmente incendiados.

No mesmo horário, a casa de um policial militar em Criciúma foi alvejada por cinco disparos de arma de fogo. O PM foi avisado dos tiros pela esposa quando chegou em casa. O agente encontrou as marcas ao lado da janela no quarto do casal e um projétil. Um vizinho informou ainda que viu dois homens correndo no momento do ataque.

Leia também:

SC registra nova série de ataques; ex-agente prisional é morto

Continua após a publicidade

MA: São Luís volta a registrar ataques a ônibus

Ribeirão Preto (SP) tem onda de ataques a ônibus

Já no começo da madrugada desta segunda, Itajaí registrou outro ataque. Um ônibus foi incendiado em um posto de combustível por volta das 00h16. O fogo foi controlado pelo vigia que estava no local, que afirma não ter visto nenhum suspeito. Por volta da 1h06, um carro foi incendiado dentro de uma garagem em frente à antena da Rádio Tuba, em Tubarão. Ao lado do carro a PM encontrou restos de coquetel molotov e, por volta das 3 horas, foi informada de que casa onde o carro se encontrava também foi incendiada. Bombeiros foram acionados e conseguiram controlar o fogo.

Em Lages, por volta da 1h50, a PM prendeu dois suspeitos, que tentavam atear fogo em uma base da PM. Um deles carregava um isqueiro, gasolina e uma lanterna dentro da mochila. O outro conseguiu fugir, mas foi localizado e detido no bairro Morro Grande, localizado na Zona Sul da cidade.

Um caminhão Mercedes Benz com carga de madeira foi atacado por um coquetel molotov em Guaramirim. O veículo estava estacionado em frente à casa do dono e foi incendiado por volta das 3h. Um vigilante informou à PM que dois homens tentavam comprar gasolina em um posto próximo ao local, dizendo que precisavam socorrer um amigo próximo ao Shopping União, em Guaramirim.

Continua após a publicidade
Publicidade