Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Onda de atrasos ocorre mesmo com queda na venda de passagens

Por Da Redação 22 dez 2008, 05h54

A desconfiança com a crise financeira parece ter chegado nos turistas brasileiros. De acordo com um balanço da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), em novembro houve queda de 1% no volume de passageiros transportados nos vôos domésticos ante o mesmo período de 2007.

Em outubro este percentual já caíra 3,9%, conforme antecipou a coluna Radar on-line de VEJA.com. Na comparação entre janeiro e novembro de 2008 e o mesmo período do ano passado, o crescimento é de 7,8% nos vôos domésticos. Em agosto, o crescimento era de 10,9%.

Não por coincidência, a queda começou nos meses seguintes, quando a crise financeira começou a se agravar. Solange Vieira, diretora-geral da Anac, projeta um crescimento entre 7% e 8% da indústria de aviação neste ano. Entretanto, antes da bolha financeira estourar, a expectativa era de um crescimento maior: em torno de 11%.

(Por André Pontes)

Continua após a publicidade
Publicidade