Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Naufrágio na Tanzânia deixou 24 mortos, diz ministro

Pelo menos 24 pessoas, incluindo dois europeus, morreram nesta quarta-feira no naufrágio de um ferry que transportava mais de 250 passageiros entre Dar es-Salaam e Zanzibar, anunciou à imprensa o ministro dos Transportes deste arquipélago semi-autônomo da Tanzânia.

Um membro das equipes de resgate havia indicado anteriormente à AFP que 149 sobreviventes tinham sido resgatados no local do naufrágio, ao longo da costa da principal ilha do arquipélago, Unguja.

“Recebemos até agora 24 corpos, incluindo os de dois europeus”, declarou o ministro dos Transportes, Hamad Masoud Hamad, aos jornalistas reunidos perto do hospital Mnazi Mmoja de Zanzibar City, capital do arquipélago situado em Unguja.

O ministro tanzaniano do Interior, Emmanuel Nchimbi, indicou, por sua vez, nesta quarta-feira à noite à televisão nacional que 124 pessoas tinham sido salvas.

“As operações de resgate estão sendo mantidas (…) 124 pessoas já foram resgatadas com vida e esperamos que outras sejam salvas”, declarou. “Nós trabalhamos juntos para salvar todos aqueles que ainda podem ser salvos”.

Segundo Saidi Shaabani, um funcionário da vice-presidência tanzaniana, o registro do barco, que transportava também mercadorias, possui os nomes de 251 adultos, de trinta crianças e de seis membros da tripulação. Os problemas de superlotação são frequentes nos barcos desse tipo.