Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Movimento sem teto realiza protesto na Avenida Paulista

Manifestantes reclamam da remoção de famílias em áreas próximas aos canteiros de obras da Copa do Mundo

Integrantes do movimento “Copa Pra Quem?” e de grupos de sem-teto fazem uma manifestação na tarde desta sexta-feira na Avenida Paulista, região central de São Paulo. Cerca de 600 manifestantes que estavam no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp) bloquearam todas as faixas da avenida no sentido Consolação.

O protesto corre de maneira pacífica e é acompanhado por um caminhão de som. A PM tenta evitar o fechamento total da avenida. O movimento questiona a remoção de moradores em decorrência de obras próximas a estádios da Copa do Mundo, além do montante de recursos públicos empregados para a realização do evento. “Nós não podemos aceitar um ingresso caro. A Copa esta sendo feita com dinheiro público e ninguém vai poder usufruir do evento. Vai se abrir um estado de exceção”, diz o presidente organizador do ato, Guilherme Boulos.

Folhetos distribuídos e cartazes fazem menção às manifestações pela redução da tarifa de ônibus na capita. “A experiência demonstra que com luta é possível derrotar e obter a conquista”, diz o material de divulgação, que cita outras passeatas que ocorrem pela redução do preço da passagem do ônibus em Porto Alegre, Goiânia, Natal e Teresina. Os organizadores da manifestação afirmam que pretendem seguir até o escritório da Presidência da República em São Paulo, na esquina da Avenida Paulista com a Rua Augusta.

(Com Estadão Conteúdo)