Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Movimento nas estradas de SP continua difícil

Por Da Redação 12 nov 2011, 10h30

Por Aline Bronzati

São Paulo – As principais rodovias de São Paulo permanecem com tráfego complicado na manhã deste sábado. Às 10h40 havia retenção na pista Sul (sentido São Paulo) da rodovia Fernão Dias, do km 492 ao km 495, na região de Betim, devido ao excesso de veículos. Segundo a concessionária Autopista Fernão Dias, o horário de pico segue das 6h às 18h. Na pista Norte (sentido Belo Horizonte), o tráfego também é intenso.

Porém, as condições de quem segue para o litoral sul de São Paulo são melhores. A Via Anchieta continua como a melhor opção no sentido litoral, com trânsito bom em toda a extensão, informou há pouco a Ecovias. Na rodovia Cônego Domênico, sentido Guarujá, o tráfego foi normalizado. Já a Imigrantes no sentido litoral permanece congestionada do km 50 ao 58. No sentido São Paulo, o movimento é tranquilo.

Em direção ao interior de São Paulo, o tráfego está lento na Rodovia Carvalho Pinto, do km 74 ao 90 e do km 127 ao 130 por conta do excesso de veículos. Na Bandeirantes, trecho São Paulo-Jundiaí, há congestionamento entre os quilômetros 48 e 52. A mesma situação é vista na Anhanguera, entre São Paulo-Jundiaí, com tráfego intenso entre o km 57 e 60.

Na Castello Branco, o excesso de veículos causa oito quilômetros de tráfego lento, entre o km 18 e 26, no trecho Osasco-Barueri. Já na Raposo Tavares, há apenas um quilômetro de lentidão, no trecho Cotia-Vargem Grande Paulista.

A Dutra, sentido São Paulo-Rio, está congestionada entre o km 133 e 103, com destaque para Taubaté, com tráfego complicado entre os quilômetros 115 e 111. Enquanto isso, no sentido Rio-São Paulo, a via expressa está congestionada por conta de obras na pista, entre os quilômetros 62 e 64.

Continua após a publicidade
Publicidade