Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Motoristas de vans invadem Secretaria de Transportes após protesto

Ato motivou operação da Polícia Civil na favela de Rio das Pedras, onde moram 50.000 pessoas. A suspeita é de que milicianos estariam por trás da confusão

O saguão do prédio da Secretaria Municipal de Transportes do Rio, em Botafogo, na zona sul, foi invadido na tarde desta segunda-feira por um grupo de cerca de 50 motoristas de vans. Pela manhã, havia acontecido um protesto na Favela Rio das Pedras, na Barra da Tijuca, Zona Oeste, contra as novas regras para o transporte alternativo aplicadas pelo prefeito Eduardo Paes.

Na manifestação, ruas foram interrompidas e pneus, queimados. Policiais militares seguiram para o prédio da secretaria, que foi fechado pela prefeitura. O expediente teve de ser encerrado mais cedo, e o grupo só deixou o local por volta das 17h – só após uma reunião com representantes do órgão. Uma nova proposta de rotas alternativas deve ser colocada em discussão ainda esta semana.

Leia também:

Leia também: Protesto de motoristas de vans interdita avenidas na Zona Oeste

Depois do ato, a Polícia Civil resolveu fazer uma blitz em Rio das Pedras. Uma ação conjunta foi articulada para averiguar irregularidades na favela, que possui mais de 50.000 moradores. A prefeitura desconfia de que milicianos estariam por trás da confusão. A operação da Polícia Civil uniu as delegacias de Defesa de Serviços Delegados (DDSD), do Consumidor (Decon), de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) e de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA).

Durante a ação, os agentes detiveram o dono do restaurante Estação Azul, na Rua Engenheiro Souza Filho. No estabelecimento comercial, foram constatados crimes de furto de luz, água, além de venda de alimentos sem especificação. Em outro ponto, na mesma rua, os policiais apreenderam cerca de 30 botijões de gás. Não houve prisões. Duas motocicletas que estavam em situação irregular e sem placa também foram apreendidas por agentes da DRFA.

(Com Estadão Conteúdo)