Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Motoristas de ônibus mantêm greve na Zona Oeste de SP

Paralisação afeta cerca de 46.000 passageiros por dia; empresa responsável pelas linha recebe multa de 6 000 reais

A greve dos motoristas e cobradores de ônibus da empresa de transportes OAK Tree continuará nesta quarta-feira, segundo o sindicato da categoria. A paralisação dos trabalhos começou na madrugada desta terça e afetou nove linhas de ônibus da Região Oeste de São Paulo.

Segundo o sindicato, a empresa não pagou o adiantamento do salário de junho – que deveria ter sido depositado na última segunda-feira. Os funcionários afirmaram que retornariam as atividades assim que recebessem o dinheiro. Como o pagamento não foi feito, os ônibus devem permanecer estacionados na garagem na manhã desta quarta.

De acordo com a São Paulo Transportes (SPTrans), foi aplicada à OAK Tree uma multa de 6 480 reais pela greve. A empresa é responsável por 87 ônibus que transportam, em média, 46.250 passageiros por dia pelas regiões do Parque Continental, Rio Pequeno, Jardim Adalgiza e Cidade Universitária.

A SPTrans disponibilizou 45 ônibus, acionados por meio do serviço do Paese (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência), para suprir a demanda gerada pela greve.

Leia também:

Haddad: tarifa de ônibus custará menos de R$ 3,40 em SP

SP quer informar velocidade dos ônibus no Google