Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ministro da Educação pede desculpas à mãe de Cazuza

Em entrevista concedida a VEJA, Vélez atribuiu ao cantor uma frase do programa humorístico Casseta e Planeta

O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez, relatou em sua conta no Twitter que telefonou para Lucinha Lins, mãe do cantor Cazuza, para se desculpar pelo equívoco de ter atribuído ao artista a frase “Liberdade é passar a mão no guarda”. A declaração foi dada pelo ministro na entrevista publicada esta semana em VEJA.

Lucinha chegou a escrever uma carta aberta pedindo que Vélez se retratasse publicamente afim de evitar que fosse necessário tomar “providências jurídicas”. Em sua publicação, o ministro afirma que a conversa foi amigável e que os dois combinaram um encontro.

Abaixo, o texto do tweet:

“Liguei para Lucinha Araújo, mãe de Cazuza, para desfazer o equívoco de uma resposta que dei atribuindo a ele frase de um programa humorístico. A conversa foi tocante e combinamos uma visita a ela quando eu for ao Rio. O amor do coração de uma mãe por seu filho é algo valoroso.”