Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mineira de 114 anos é a pessoa mais velha do mundo

É a primeira vez que um brasileiro entra no Guinness por sua longevidade

Quando Maria Gomes Valentim nasceu, em 1896, a Rainha Vitória governava o Reino Unido e o físico Albert Einstein estava terminando o colegial. Aos 114 anos, a mineira de Carangola foi reconhecida pelo Guinness World Records como a mulher mais velha do mundo – tomando o posto da americana Besse Cooper por apenas 48 dias de diferença.

Esta é a primeira vez que uma brasileira recebe o título. “Nunca uma reivindicação bem-sucedida para a longevidade emergiu do Brasil – até hoje”, comemorou o editor-chefe do Guinness, Craig Glenday. Dezenas de pedidos de reconhecimento de centenárias brasileiras já foram recebidos pelo livro de recordes, mas nunca foram comprovados.

Mais de 90% das requisições são falsas ou não têm documentos que atestem o nascimento. “Os candidatos devem ter um comprovante original emitido até 20 anos depois do nascimento e algo que ateste que a pessoa que está viva até hoje é a mesma do registro”, explica o consultor do Guinness, Robert Young.

O reconhecimento de Maria Valentim foi confirmado pelo livro de recordes nesta segunda-feira, a menos de dois meses de seu aniversário de 115 anos. Com o título em mãos, a mineira pode comemorar com as quatro gerações de sua família. Viúva desde 1946, ela tem um filho, quatro netos, sete bisnetos e cinco tataranetos.