Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Menino de 9 anos é levado por enxurrada e desaparece em SP

Mateus brincava com uma bola perto da margem de córrego durante as fortes chuvas que caíram em São Paulo na tarde de segunda-feira

O menino Mateus, de 9 anos, brincava com uma bola nas proximidades de um córrego na Penha, na Zona Leste de São Paulo, quando foi arrastado por uma correnteza após as fortes chuvas que atingiram a cidade no começo da tarde de segunda-feira. Um amigo relatou à família e aos bombeiros que Mateus foi buscar a bola mais próximo à margem quando caiu e foi levado pela enxurrada.

Os bombeiros iniciaram as buscas por volta das 15h40, mas ainda não obtiveram sucesso. Trata-se de um canal longo, que desemboca em outros antes de chegar ao destino final, o Rio Tietê. As buscas foram suspensas durante a madrugada por se tratar de uma operação basicamente visual: “Utilizamos os botes e o helicóptero para avistar de cima, mas como a vítima pode estar submersa, não é possível identificar sinais de calor”, explicou o capitão Marcos Palumbo, da comunicação da corporação.

Na manhã desta terça-feira, 35 bombeiros percorrem o córrego em busca de Mateus. Palumbo definiu o local como “complicado e de difícil acesso, com canais estreitos e curvados”. Segundo ele, mesmo uma pessoa adulta correria sérios riscos de ser arrastada se estivesse na mesma posição do garoto, considerada a intensidade da chuva e a velocidade com que a água corre na região.

Os bombeiros se preocupam com a previsão do tempo: segundo as estimativas, a cidade deve ficar novamente debaixo d’água por volta das 12h. Segundo Palumbo, a família do garoto relatou ao Corpo de Bombeiros que não sabia onde Mateus estava até o ocorrido.

Corpo de Bombeiros divulga mapa da região onde o menino caiu e foi arrastado por enxurrada, em São Paulo Corpo de Bombeiros divulga mapa da região onde o menino caiu e foi arrastado por enxurrada

Corpo de Bombeiros divulga mapa da região onde o menino caiu e foi arrastado por enxurrada (/)

O capitão também desmentiu um boato que corre nas redes sociais de que o pai do Mateus teria se jogado no córrego em sua busca.