Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Médico do Sírio-Libanês baleado tem quadro estável

Segundo boletim médico divulgado pelo hospital, o urologista Anuar Ibrahim Mitre se recupera de um traumatismo craniano após levar três tiros

O estado de saúde do médico Anuar Ibrahim Mitre, de 65 anos, membro do Conselho Consultivo do Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio-Libanês, é estável, segundo boletim médico divulgado nesta terça-feira. O médico foi baleado dentro de seu consultório pelo ex-médico Daniel Edmans Forti – ele teve o registro de médico do trabalho cancelado.

Forti disparou cinco tiros contra Mitre e se matou em seguida.

De acordo com o boletim médico, Mitre se recupera de um traumatismo craniano e fratura de braço direito provocados pelos disparos. Ele passou por uma cirurgia de cinco horas na madrugada desta terça-feira com “bons resultados imediatos”. Mitre está internado em coma induzido na Unidade de Terapia Intensiva do hospital – não há previsão de alta.

A Polícia Civil investiga as causas do ataque. A secretária da vítima será ouvida no 4º Distrito Policial (DP), na Consolação, onde o caso foi registrado, está a secretária da vítima. A assessoria de imprensa do Sírio-Libanês informou que o atirador não tem nenhuma ligação com o hospital.