Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

McDonalds suspende fornecedor que maltratava aves

Por Frederic J. Brown 19 nov 2011, 10h23

A rede de lanchonetes McDonalds suspendeu o contrato com um de seus fornecedores de ovos após um grupo de defesa dos animais divulgar um vídeo com crueldades contra aves em uma granja.

O vídeo mostra galinhas tendo os bicos queimados por uma máquina, antes de serem jogadas em caixas, além de restos apodrecidos de aves.

As imagens também mostram aves morrendo dentro de sacos plásticos e aves mutiladas pelas grades de gaiolas.

A McDonalds confirmou que pediu a Cargill, seu fornecedor, que suspenda a compra de ovos da Sparboe, a empresa responsável pelas crueldades.

Não há qualquer lei federal que regule o tratamento de aves em granjas americanas e a maioria dos Estados ignora o tratamento cruel a animais de criação.

“Lamentavelmente, muitos dos abusos documentados são a regra, e legais”, disse à AFP Nathan Runkle, diretora do Mercy for Animals, a organização que gravou os vídeos.

Continua após a publicidade

Publicidade