Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Manifestantes fecham Eixo Monumental em Brasília

Cerca de 200 pessoas queimaram pneus e travaram o trânsito na região central da cidade. Não houve confronto com a polícia

Um grupo de cerca de 200 manifestantes fechou uma das principais vias de Brasília, na manhã desta sexta-feira, para protestar contra os gastos com a Copa do Mundo e pedir a construção de moradias populares. As seis faixas de um dos sentidos do Eixo Monumental foram bloqueadas por mais de uma hora, o que causou um grande congestionamento na região. Os manifestantes atearam fogo em pneus em frente ao estádio Mané Garrincha. Não houve confronto com a polícia.

O ato foi organizado pelo Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), e contou com o apoio de entidades críticas à organização da Copa. Ao todo, dez ônibus foram deslocados para o centro de Brasília para levar os trabalhadores sem teto para o manifesto.

O grupo protesta ainda contra o superfaturamento das obras para a realização da Copa das Confederações e da Copa do Mundo e a remoção de famílias para dar espaço aos eventos esportivos. Entre a lista de reivindicações está a construção de 150.000 moradias populares, a contratação de auditoria externa para as contas do estádio e a cessão de ingressos a preços populares.

Às 16h deste sábado, o Mané Garrincha será palco da abertura do evento-teste para o Mundial de 2014, com o jogo entre Brasil x Japão. Setenta mil pessoas devem assistir ao jogo. Estão programados novos protestos na região central de Brasília.