Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Kassab nega interesse eleitoral em homenagem a Dilma

Por Daiene Cardoso

São Paulo – O prefeito de São Paulo e presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, negou hoje interesse eleitoral na homenagem que fará no dia 25 de janeiro à presidente Dilma Rousseff e ao governador Geraldo Alckmin. “Essa é uma homenagem estabelecida ao longo dos anos. É a cidade de São Paulo e não um partido ou uma gestão (que prestam a homenagem)”, rebateu. Kassab vem ensaiando uma aproximação com o PT paulistano, mas sem abrir mão das negociações com o PSDB para uma aliança na eleição municipal.

A Medalha 25 de Janeiro será entregue a Dilma e Alckmin nas comemorações do 458º aniversário da capital paulista, na próxima semana. A honraria, entregue no ano passado ao ex-vice-presidente José Alencar, é concedida anualmente a personalidades em reconhecimento ao mérito pessoal e a bons serviços prestados à cidade. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que não pode receber a medalha no ano passado porque estava no exterior, participará da cerimônia deste ano.

Kassab lembrou que a Prefeitura já homenageou o ex-governador de São Paulo José Serrae o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2010. Na época, o prefeito ainda era filiado ao DEM. “Eu homenageei o presidente Lula e nem estava no PSD”, disse.

No último dia 4, Kassab ofereceu ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a indicação de um candidato a vice na chapa do pré-candidato petista Fernando Haddad em uma eventual dobradinha entre PT e PSD, na disputa pela prefeitura de São Paulo. Na última sexta-feira (13), Lula confirmou a oferta de Kassab, durante conversa com vereadores petistas e sugeriu que o partido discuta o assunto.