Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jovem é atingida por tiro acidental em Fortaleza

Por Carmen Pompeu, correspondente

Fortaleza (AE) – Uma adolescente de 14 anos foi atingida na orelha por tiro disparado acidentalmente por um colega de 16 anos hoje pela manhã na Escola Estadual Aloísio Barros Leal, em Messejana, periferia de Fortaleza.

Segundo Edson Morais, diretor da escola, o garoto disse ter levado escondido a arma – um revólver calibre 22 – para o colégio porque estava sendo ameaçado. O disparo aconteceu quando o menino tirou o revolver da mochila e tentava escondê-lo na roupa. A bala foi em direção ao chão da sala de aula e um estilhaço atingiu de raspão a orelha da colega.

Na hora, os estudantes acharam que o barulho provocado pelo disparo fosse de uma bombinha. Ao vasculharem a mochila do menino, encontraram a arma. Assustado, o garoto correu e se trancou no banheiro. Mas acabou sendo levado por policiais para a Delegacia da Criança e do Adolescente.

A delegada Iolanda Fonseca de Paula confirmou que o garoto disse que havia levado o revólver com a intenção de intimidar outro colega de sala com quem havia discutido. Em depoimento, o menino contou que o revólver pertencia a um amigo que havia morrido.

A menina atingida na orelha foi encaminhada para o Instituto Dr José Frota de Messejana, passou por uma pequena cirurgia e já recebeu alta.

O diretor da escola informou que as aulas não foram suspensas e prometeu intensificar a fiscalização para evitar a entrada de alunos armados. A direção não deu mais detalhes sobre as supostas ameaças que o aluno que efetuou o disparo disse estar sofrendo.