Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Índios mantêm reféns 4 funcionários da Funai em MG

Por Marcelo Portela

Belo Horizonte – Índios da tribo xacriabá em São João das Missões, no norte de Minas, mantêm quatro funcionários da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) reféns desde a noite de terça-feira (24). Segundo a Polícia Militar (PM), os indígenas não ameaçam as vítimas, mas afirmam que eles só vão ser libertados após negociação com o Ministério da Saúde.

Os servidores trabalham na Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) do Ministério da Saúde e foram rendidos quando chegaram para prestar assistência médica na aldeia do Brejo Mata Fome, uma das maiores da reserva xacriabá, com cerca de 2 mil habitantes. Ainda de acordo com a PM, fizeram os trabalhadores reféns para protestar contra o atendimento de saúde prestado na área.

O grupo reivindica a presença de funcionários da Fundação Nacional do Índio (Funai) no local para negociar melhorias na prestação do serviço. E haviam prometido libertar os reféns ainda ontem (25), o que não havia ocorrido até o fim da tarde. A PM acionou a Polícia Federal (PF) para auxiliar nas negociações.