Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sequestro de ônibus no Rio termina após mais de três horas

Criminoso foi baleado por sniper quando deixou o veículo por alguns segundos; passageiros foram libertados sem ferimentos

O sequestro de um ônibus na Ponte Rio-Niterói chegou ao fim pouco depois das 9h desta terça-feira, 20. Um sniper da polícia conseguiu atirar no homem armado que fazia reféns dentro do coletivo. Segundo a PM do Rio de Janeiro, todos os passageiros saíram ilesos e o sequestrador morreu.

A ação começou por volta das 6h e durou mais de três horas. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o sequestrador disse que estava com gasolina e ameaçava incendiar o ônibus.

Duas passageiras passaram mal e foram liberadas pelo sequestrador. Depois disso, dois homens e duas mulheres também foram liberados — uma mulher desmaiou assim que saiu do veículo. O sequestrador, que usava camiseta branca, calça preta, boné e um lenço preto escondendo parte de seu rosto, foi alvejado quando saiu do veículo por alguns segundos e estava perto da escada. A PM-RJ informou que a arma usada na ação criminosa era de brinquedo. O criminoso ainda não foi identificado.

Diversas viaturas da PRF e Polícia Militar, além de ambulâncias, fizeram o cerco ao veículo. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) também participou das operações.

O ônibus pertence à viação Galo Branco, que faz o trajeto Jardim Alcântara, em São Gonçalo, até o Estácio, no centro da capital fluminense.

A ponte foi totalmente interditada durante a ação.

(Com Agência Brasil e Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Eric Eduardo

    Atirador de elite para estourar a cabeça.

    Curtir