Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Habib’s doará van para comunidade portuguesa

Associação lusitana acusou a rede de lanchonetes de discriminação por causa de um comercial que dizia: "o bolinho é português, o preço é uma piada".

A rede de fast food Habib’s foi condenada a doar uma van no valor de 50 000 reais para a comunidade lusitana de São Paulo que acusou a lanchonete de discriminação por causa de um comercial que dizia: “o bolinho é português, o preço é uma piada”. A Alsaraiva Comércio e Empreendimentos Imobiliários e Participações Ltda, empresa dona da marca Habib’s, assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público nesta sexta-feira.

A ação foi instaurada na Promotoria de Justiça do Consumidor da Capital no ano passado pela Provedoria da Comunidade Portuguesa de São Paulo. O que torna a história ainda mais curiosa é que, embora seja uma lanchonete de comida árabe, o fundador do Habib’s é português. A defesa argumentou que jamais houve a intenção de ofender o povo de Portugal em qualquer campanha publicitária, que buscava apenas a utilização do humor como forma de divulgação de um produto típico da cultura portuguesa.

O Habib’s também se comprometeu a veicular anúncios em portais de notícias exaltando a comunidade e a cultura portuguesa no Brasil, além de propagandas sobre o Dia de Portugal, o Dia de Camões e o Dia das Comunidades Portuguesas. Todos comemorados em 10 de junho.