Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Governador do Tocantins é intimado na 5 fase da Operação Ápia

PF investiga pagamentos indevidos em obras de infraestrutura realizadas no Estado

Por Da Redação Atualizado em 18 ago 2017, 11h07 - Publicado em 18 ago 2017, 10h42

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta sexta-feira, em Palmas (TO) a 5ª fase da Operação Ápia, denominada Convergência, para apurar pagamentos ilícitos em obras de infraestrutura no Estado. O governador do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB), um dos investigados, foi intimado a depor e já foi liberado pela Polícia.

  • De acordo com informações da  PF, cerca de 40 policiais federais cumprem mandados de busca e apreensão e intimações. Os depoimentos dos envolvidos serão acompanhados por um Ministro do Supremo Tribunal de Justiça e um Subprocurador da República.

    A apuração da PF apontou que as obras de terraplanagem e pavimentação realizadas entre 2011 e 2014 custaram aproximadamente R$ 850 milhões de reais e proporcionaram créditos indevidos a empresários.

    (Com Estadão Conteúdo)

    Continua após a publicidade
    Publicidade