Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

França irá julgar Maluf por lavagem de dinheiro

Deputado é acusado de movimentar o equivalente a R$2,3 mi ilegalmente. Julgamento está previsto para março. Caso foi noticiado pela Folha de S.Paulo

O deputado federal Paulo Maluf sofrerá um novo revés em sua já conturbada ficha de acusações e julgamentos. Depois de a Justiça americana considerá-lo foragido e colocar seu nome na lista de procurados da Interpol, agora a Justiça da França vai julgar o deputado pela suposta prática de lavagem de dinheiro. O julgamento deverá ser realizado em março de 2015, como aponta reportagem do jornal Folha de S.Paulo nesta sexta-feira.

Maluf é acusado de praticar ato ilícito usando uma conta bancária na França. De acordo com a legislação local, isso pode resultar em pena de até dez anos de prisão e multa de 750 mil euros, o equivalente a 2,3 milhões de reais.

O jornal aponta ainda que o negócio envolvendo Maluf teria movimentado 1,7 milhão de dólares, (4,3 milhões de reais) em transações do banco francês Crédit Agricole. Em 2003 Maluf já foi detido no país. Porém, na ocasião ele prestou depoimento e foi liberado em seguida.

Leia também:

PGR defende prisão de filho de Maluf

Paulo Maluf tem candidatura impugnada pela Procuradoria Eleitoral

O Ministério Público brasileiro, que colaborou com a apuração estrangeira por meio do promotor Silvio Marques e do procurador Rodrigo de Grandis, suspeita que a maior parte do dinheiro depositado na França foi desviada de obras viárias de São Paulo realizadas quando Maluf foi prefeito da cidade, entre os anos de 1993 e 1996.

A assessoria de Maluf afirmou que ele nega a prática de crimes. Disse ainda que ele foi chamado pela Justiça francesa em 2003, deu explicações consideradas satisfatórias e que desconhece a marcação do julgamento.