Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Filho de Eduardo Campos, João é apontado como seu herdeiro político

Jovem de 20 anos cogitou se lançar candidato a deputado federal nas eleições deste ano, mas foi convencido pelo pai a terminar os estudos

João Campos, de 20 anos, é apontado por pessoas próximas à família e amigos de Eduardo Campos como herdeiro político do ex-governador de Pernambuco, morto nesta quarta-feira em um acidente aéreo em Santos. A informação é do jornal O Estado de S.Paulo desta sexta-feira.

Leia também:

Ouça o último contato do avião antes da queda

Marina: ‘Fico com a imagem de sua alegria’

Aécio: ‘Minha admiração por ele não termina’

​Dilma, sobre Campos: ‘Poderia galgar os mais altos postos do país’

O jovem João Campos, segundo dos cinco filhos de Campos, já é filiado ao PSB e teria cogitado, de acordo com o jornal, lançar-se como candidato a deputado federal já nas eleições deste ano, mas foi convencido por seu pai a primeiro terminar os estudos.

O ex-governador chegou a apadrinhar políticos em Pernambuco, mas nenhum é considerado capaz de herdar o legado de Campos.

Leia mais:

Eduardo Campos morre em acidente aéreo

Reportagens sobre Eduardo Campos

Especulava-se que a esposa de Eduardo Campos, Renata de Andrade Lima Campos, de 47 anos, poderia ser um nome forte na política pernambucana e nacional. Ela é auditora do Tribunal de Contas do Estado, também é filiada ao PSB, mas desistiu de se candidatar este ano por causa do nascimento do filho mais novo, Miguel.

Eduardo Campos, morto aos 49 anos, era neto de Miguel Arraes (1916-2005) e considerado o herdeiro político do ex-governador de Pernambuco e ex-líder da oposição.