Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Falha elétrica para Linha Amarela e provoca caos

Fornecimento de energia ficou interrompido por 40 minutos. Em pânico, um usuário acionou o botão de emergência na estação Paulista

Uma falha elétrica, um usuário em pânico, um botão de emergência acionado. Essa foi a sequência que deixou milhares de paulistanos sem conseguir se locomover dentro das estações da Linha 4-Amarela do metrô de São Paulo. Segundo a concessionária Via Quatro, responsável pela linha, uma falha de energia foi registrada às 17h40 desta quinta-feira. Embora o sistema tenha sido normalizado às 18h20, o caos estava instalado. Por causa dos trens parados – e das portas dos vagões fechadas – um usuário entrou em pânico na estação Paulista e, por volta das 18 horas, apertou o botão de segurança. Às 19 horas, os trens continuavam a trafegar com velocidade reduzida. Na estação Pinheiros, por exemplo, os usuários mal conseguiam andar pelas escadas rolantes. A confusão aumentava a cada cinco minutos, quando centenas de passageiros que desembarcavam da Linha Esmeralda da CPTM se juntavam à multidão e tentavam, em vão, caminhar até os vagões do metrô. Sociedade do automóvel – A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou 157 quilômetros de congestionamento às 19 horas desta quinta-feira. O trânsito ficou ainda mais complicado por causa de uma manifestação de estudantes da Universidade de São Paulo (USP) na Avenida Paulista e da interdição parcial da Ponte dos Remédios, na Marginal Tietê.