Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Exames detectam metais no sangue de 4 bombeiros em Brumadinho

Três profissionais apresentaram alumínio no corpo, enquanto um teve níveis de cobre identificados; governo de MG diz que todos estão assintomáticos

Exames realizados em bombeiros que trabalham na busca de corpos após a tragédia de Brumadinho (MG) identificaram a presença de metais no sangue de pelo menos quatro deles. Em nota, o governo de Minas Gerais confirmou que três deles possuem alumínio no corpo e um teve a presença de cobre diagnosticada por exames.

“Considerando a atividade de busca e salvamento vem sendo aplicado o protocolo de monitoramento da saúde em todos os profissionais, por meio da dosagem de metais no sangue e urina. Até o momento foram detectados três exames alterados para o parâmetro alumínio no sangue. E um exame apontou presença de cobre”, declarou o governo em nota. 

O comunicado faz a ressalva, porém, que os resultados dos exames não significam intoxicação aguda por esses metais e os bombeiros permanecem assintomáticos – ou seja, ainda não tiveram nenhuma doença constatada pela contaminação. 

De acordo com o governo, os quatro profissionais seguirão protocolo de monitoramento de saúde. “É esperado que após a interrupção da exposição, os níveis destes metais no organismo sejam normalizados”, diz o comunicado. 

Os metais em questão já foram identificados na na água do Rio Paraopeba, contaminado após a tragédia.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Rodson Layne Luiz Barbosa

    E os metais não estão presentes, naturalmente, no organismo humano!?!?!?rsrs

    Curtir