Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Ex-BBB Alemão será candidato a deputado federal

PV do Rio aposta em Diego Gasques, vencedor do reality em 2007, e no delegado da Polícia Federal Fábio Scliar, responsável por investigar o vazamento da Chevron no Campo de Frade, para as eleições de 2014

Por Cecília Ritto 12 out 2013, 11h52

O Partido Verde no Rio de Janeiro entrará na eleição de 2014 com uma preocupação: eleger deputados federais, diante da baixa possibilidade de conquistar cargos majoritários. Atualmente, há apenas um representante na Câmara dos Deputados pelo estado, o que implica em um tempo reduzido de televisão e de fundo partidário. Os verdes perderam o principal nome do estado para concorrer a um cargo no congresso, o de Alfredo Sirkis, que foi para o PSB atrás de Marina Silva. A estratégia do PV-RJ para conseguir ampliar a bancada federal foi investir em nomes dissociados da política. Foi esse o caminho para filiar o ex-Big Brother Diego Gasques, conhecido como Alemão, e lançar o nome do vencedor do reality show da Rede Globo em 2007 ao cargo de deputado federal.

Luiz Fernando Guida, integrante da executiva nacional do PV e coordenador do partido no Rio, na Bahia, em Minas Gerais e no Espírito Santo, diz que Alemão está se adaptando aos verdes e às bandeiras do partido. “O Alemão foi super cobiçado por outras legendas. Deixamos ele bem à vontade, até porque o PV não tem grande estrutura. Mesmo assim ele optou por nós”, explica.

Na linha das apostas para puxar votos, o PV também conseguiu arregimentar o delegado Fábio Scliar, conhecido por comandar as investigações sobre o vazamento da petroleira americana Chevron no campo de Frade, em 2011. Scliar ficou conhecido no Rio pela atuação à frente da Delegacia do Meio Ambiente e Patrimônio Histórico (Delemaph), da Polícia Federal, e pela participação em um programa popular de debates na Rádio Globo. O delegado também deve tentar a Câmara dos Deputados.

Chevron será indiciada por novo crime ambiental

PF investiga se Chevron perfurou 500 metros além do permitido

Continua após a publicidade

A avaliação de Guida é de que a chapa a deputado federal está, de forma geral, equilibrada – sem candidatos com garantias de boa ou de má votação. A partir de 2014, o PV analisará quem tem mais chance de conseguir cargos para oferecer tempo de TV.

BBB na política – A política passou a ser um caminho para os que caíram no esquecimento depois de uma exposição intensa no reality. Kleber Bambam, ex-participante do BBB, se filiou ao PRB de São Paulo, a convite de Celso Russomano. Cida, vencedora da quarta edição do programa, entrou para o PT do B. Laisa, que protagonizou cenas quentes com Yuri dentro do confinamento, foi para o PP do Rio Grande do Sul. Fael, o cowboy vitorioso do BBB 12, está no PSB do Mato Grosso do Sul. No time de novatos na política, o veterano é Jean Wyllys, deputado federal pelo PSOL, que tentará a reeleição em 2014.

LEIA TAMBÉM:

Rui Falcão e cúpula do PT acertam o desembarque do governo Cabral

Cabral usa fundo de Combate à Pobreza para turbinar programas sociais

Promessas de Lula mantêm Sérgio Cabral sob controle

Continua após a publicidade
Publicidade