Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Doria gasta R$ 10,9 mil com automóvel, mesmo com carro próprio

Os pagamentos foram feitos em dois contratos de locação de veículo blindado

Por Da redação Atualizado em 22 fev 2017, 20h39 - Publicado em 22 fev 2017, 11h26

Embora o prefeito paulistano João Doria (PSDB) tenha prometido abrir mão do veículo alugado e usar seu próprio carro no trabalho para economizar dinheiro público, a Prefeitura gastou em janeiro deste ano 10.900 reais com a locação de veículos blindados para uso do chefe do Executivo municipal.

Os pagamentos foram feitos em dois contratos de locação de veículo blindado para uso do prefeito, sem motorista, mas com combustível incluso. Ambos foram assinados em 2014, na gestão do ex-prefeito Fernando Haddad (PT), que usava automóveis alugados no trabalho.

A gestão Doria afirma que o prefeito tem usado seu carro particular para trabalhar, conforme prometido ainda em 2016, mas que, para cumprir o protocolo de segurança do chefe de executivo, precisou manter o aluguel de um carro blindado reserva, que pode ser usado em alguns deslocamentos dele. O segundo contrato de locação de automóvel não será renovado, segundo a gestão.

Os dados constam da relação de compras e serviços efetuados em janeiro deste ano pelos gabinetes do prefeito e do secretário municipal de Governo, Julio Semeghini. Também foram gastos 328.000 reais com aluguel de doze veículos com motorista e combustível para uso de ambos os gabinetes.

Na semana passada, a gestão Doria publicou decreto determinando que os serviços de transporte de pessoal na Prefeitura sejam feitos por aplicativos, sejam carros tipo Uber ou Cabify ou táxis chamados pelos apps.

A medida, porém, não tem efeito imediato. O contrato de locação de veículos que ainda estão vigentes poderão continuar sendo executados, mas não serão renovados. Quando anunciou a medida, em dezembro, Doria estimou economizar  120 milhões de reais por ano com a troca da frota de 1.300 veículos alugados pelo serviço de transporte por aplicativo.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)