Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

‘Distritão’, meta fiscal e Doria nas manchetes de 11/08/17

Criticado por deputados e especialistas, modelo parlamentar enfrentará resistência no Plenário

Por Da redação Atualizado em 11 ago 2017, 10h57 - Publicado em 11 ago 2017, 07h58

Críticas ao chamado ‘distritão‘, nova meta fiscal e assédio de partidos a João Doria estão nas manchetes dos principais jornais do país nesta sexta-feira. De acordo com a Folha de S.Paulo, modelo eleitoral conhecido como ‘distritão’, aprovado em comissão da reforma política na Câmara, é criticado por deputados e especialistas. Já o Globo destaca que o déficit previsto para 2017 e 2018 aumentará em R$ 20 bi por ano. Medidas em estudo para reduzir gastos incluem fixar salário inicial menor para servidores e adiar reajustes para 2019. No Estado de S.Paulo, em meio a disputas internas do PSDB, PMDB e DEM deixam as portas abertas para o prefeito de São Paulo, João Doria.

Folha de S.Paulo
Cresce oposição a modelo que altera eleição parlamentar
Aprovado na comissão especial da Câmara que analisa a reforma política, o modelo eleitoral conhecido como distritão enfrentará forte resistência no plenário. Pelo modelo, só seriam eleitos candidatos a deputado e vereador mais votados. Hoje, é possível se eleger com excedente de votos de colegas de partido. Já há uma frente suprapartidária, com governo e oposição, contra o modelo. 

Laboratório trata brasileiro como cobaia, diz União
Obrigada judicialmente a fornecer medicamento caro sem registro no país, a União diz ver indícios de que o laboratório canadense Aegerion usa brasileiros como cobaias. Relatório questiona a segurança do myalept, que combate a distribuição irregular de gordura no corpo.

  • O Globo
    Governo ainda tenta fechar contas e vai elevar rombo
    O governo deve elevar o rombo nas contas públicas previsto para este e para o próximo ano em R$ 20 bilhões. Assim, a meta fiscal seria um déficit de R$ 159 bilhões em 2017 e, no ano que vem, de R$ 149 bilhões. A decisão, esperada para ontem, deve ser anunciada na próxima segunda junto com medidas de corte de gastos, sobretudo com o funcionalismo. O governo estuda reduzir o salário inicial dos servidores para um valor perto de R$ 5 mil e adiar reajustes para 2019. 

    O Estado de S.Paulo
    Temer e DEM tentam atrair Doria para a eleição
    A disputa interna do PSDB pela vaga de candidato à Presidência em 2018 chegou a partidos aliados dos tucanos. DEM e PMDB se aproximaram do prefeito João Doria e sinalizaram com a possibilidade de lançá-lo candidato ao Planalto. A abordagem peemedebista foi feita pelo próprio presidente Michel Temer. Ele disse ao prefeito que “as portas do PMDB estão abertas” para o tucano disputar a Presidência da República no ano que vem.

    Valor Econômico
    Código aumenta impostos e desagrada mineradoras
    As medidas anunciadas pelo governo federal no plano de criação do novo marco regulatório da indústria de mineração desagradaram a maioria das empresas que atuam no setor.

    Continua após a publicidade
    Publicidade