Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Decretada prisão de português acusado de crime no RJ

Por Fábio Grellet

Rio de Janeiro – A Justiça do Rio de Janeiro decretou hoje a prisão do advogado português Domingos Duarte Lima, de 55 anos, acusado de matar a também portuguesa Rosalina Cardoso Ribeiro, de 74 anos, em dezembro de 2009, em Saquarema, na Região dos Lagos. Lima, que já foi deputado em Portugal, teria cometido o crime para que Rosalina não o denunciasse por desvio de dinheiro.

Rosalina viveu por mais de 30 anos com o português Lúcio Feteira, dono de uma fortuna estimada em mais de R$ 100 milhões. Eles tinham conta conjunta. Após a morte de Feteira, em 2000, Rosalina transferiu alguns milhões para uma conta exclusiva dela. Em seguida fez transferências para contas de terceiros. Cerca de R$ 15 milhões foram parar na conta do advogado Lima.

A filha de Feteira, porém, descobriu a manobra fraudulenta e ingressou na Justiça portuguesa cobrando Rosalina. Lima então tentou obrigar a mulher a isentá-lo de participação nos desvios. Ela não aceitou e, durante uma viagem ao Brasil, acabou sendo morta, afirma o Ministério Público do Rio. Lima foi denunciado por homicídio qualificado e pode ser punido com até 30 anos de prisão. Até a noite de ontem ele não havia sido preso.