Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Datafolha em SP: Alckmin venceria no 1º turno

Candidato tucano à reeleição subiu um ponto porcentual nas intenções de voto, enquanto o seu rival, Paulo Skaf (PMDB), caiu um ponto

A três dias das eleições, o governador de São Paulo e candidato à reeleição, Geraldo Alckmin (PSDB), se consolidou na liderança à disputa ao Palácio dos Bandeirantes e seria reeleito no primeiro turno, segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira.

Encomendado pelo jornal Folha de S. Paulo e pela TV Globo, o levantamento mostra que o tucano subiu um ponto porcentual nas intenções de voto – de 49% a 50% -, enquanto o seu principal adversário, o peemedebista Paulo Skaf, caiu um ponto – de 23% a 22%. Em terceiro colocado, aparece o petista Alexandre Padinha com 11% – na pesquisa anterior, ele tinha 10%. Os nanicos Gilberto Natalini (PV), Laércio Benko (PHS) e Gilberto Maringoni (PSOL), marcaram 1%. Os votos brancos e nulos somaram 7%, e os indecisos, também 7%. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

Na simulação de segundo turno entre Alckmin e Skaf, o tucano venceria as eleições por 56% a 31%. No cenário com Alckmin e Padilha, o governador ganharia por 65% a 23%.

O instituto ouviu 2.112 eleitores em 60 municípios do estado entre os dias 1 e 2 de outubro. A sondagem está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número SP-00054/2014 e BR-00933/2014.

Senado – Na disputa ao Senado, a sondagem mostra que o candidato petista, Eduardo Suplicy, diminuiu a vantagem para o tucano José Serra, que se manteve com 39% das intenções de voto. Suplicy oscilou positivamente de 30% para 33%. Em terceiro lugar, Gilberto Kassab caiu de 9% para 8%. A soma dos votos brancos e nulos somaram 8%, e indecisos, 9%. A margem de erro é de pontos para cima ou para baixo. A pesquisa foi registrada com o número SP-00054/2014

Infográfico: Acompanhe a evolução dos candidatos nas pesquisas eleitorais