Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Datafolha: 60% apoiam rodízio de água em São Paulo

Já no levantamento nacional, 65% defendem racionamento imediato de energia

Em meio à maior crise hídrica da história de São Paulo, pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira pelo jornal Folha de S. Paulo mostra que 60% dos moradores da Grande São Paulo são a favor do racionamento de água. O levantamento ouviu 4.000 pessoas em 188 cidades brasileiras – nove delas, na Região Metropolitana de São Paulo, onde foram ouvidas 1.231 pessoas. A margem de erro é de dois pontos.

Leia também:

Jundiaí: a cidade paulista onde não falta água

Datafolha: 44% dos brasileiros acham o governo de Dilma ruim ou péssimo

Datafolha: cai aprovação dos governos de Alckmin e Haddad

Em todo o país, 65% dos entrevistados dizem apoiar a “adoção imediata” de um racionamento de energia. A pesquisa indica ainda que a totalidade da população está ciente dos problemas no abastecimento de água e energia.

No levantamento nacional, 32% culpam o governo federal pela questão elétrica, 23% acreditam que a responsabilidade é de “todos” e 18%, da população. Entre os entrevistados com curso superior, 42% atribuem a responsabilidade ao governo Dilma Rousseff.

Já entre os moradores de São Paulo, 37% atribuem a falta d’água ao governo do Estado. Para 22%, a responsabilidade é de “todos”. Outros 20% culpam a população e 9%, o governo federal.