Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Criminosos atacam viatura e matam PM no Rio de Janeiro

Outro soldado foi ferido e está internado. Esse é o segundo assassinato de um PM na cidade em pouco mais de 24 horas

Por Da Redação 26 nov 2014, 09h10

Um policial militar morreu e outro ficou ferido após ataque de criminosos a uma viatura do 41º BPM (Irajá), na madrugada desta quarta-feira, em Guadalupe, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Baleado na cabeça, o soldado Anderson de Senna Freire chegou a ser encaminhado ao Hospital Estadual Albert Schweitzer, em Realengo, na Zona Oeste, mas não resistiu aos ferimentos. O outro PM, soldado Bruno de Moraes, foi baleado no ombro e permanece internado.

Segundo a PM, a viatura seguia pela Rua Luís Coutinho Cavalcanti, esquina com Avenida Brasil, quando os militares foram surpreendidos por criminosos armados dentro de um carro por volta de 0h30. Os homens então atiraram contra a viatura e os PMs não tiveram tempo de reagir. Mesmo baleado, o PM ferido no ombro conseguiu levar a viatura até o hospital. O caso, agora, está sendo investigado pela Divisão de Homicídios da Polícia Civil.

Em pouco mais de 24 horas, este foi a segunda morte de PM registrada. Na noite de segunda-feira, um militar da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Vila Kennedy, na Zona Oeste, foi sequestrado, torturado e morto por criminosos em Bangu. O corpo do PM foi encontrado dentro do porta-malas do próprio veículo e a principal suspeita é de que o crime tenha sido cometido por traficantes da Vila Aliança, onde, no mesmo dia, foi realizada grande operação da Polícia Civil.

Leia também:

Dois PMs ficaram feridos em confrontos no Alemão

PM de UPP é baleado na cabeça no Alemão

Uma pessoa é assassinada a cada dez minutos no Brasil

Bope faz operação na Rocinha e é recebido a tiros

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade